Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais
Rodeio Show
PUBLICIDADE
Lotéricas lutam para continuar recebendo faturas da Enel
12/07/2018 18:16 em Governo

Lotéricas lutam para continuar recebendo faturas da Enel

Os empresários lotéricos de Goiás querem a manutenção do serviço de recebimento de faturas da Enel sem custos para a população. Eles estão em busca do apoio de parlamentares para continuar prestando o serviço. Também incentivam a continuidade das negociações entre a Caixa Econômica Federal e as concessionárias de energia elétrica.

Para o empresário lotérico Adriano de Oliveira Xavier, da loteria Toca da Sorte, no Setor Leste Vila Nova, a população não pode ser prejudicada pela falta de entendimento entre as concessionárias e a Caixa. “A Câmara Federal realizou uma audiência pública em que ficou claro que a interrupção do serviço viola os direitos do consumidor. As agências lotéricas também estão sendo prejudicadas porque deixarão de fazer e receber por esse serviço. Não podemos permitir que isso aconteça”, desabafou Adriano.

Ainda segundo Adriano, a lista de lugares onde as faturas poderão ser pagas sem acréscimo informada pela Enel não conta com horário estendido de pagamento, nem as medidas de segurança e atendimento prioritário que existe na Rede Lotérica. Adriano afirmou que os agentes lotéricos tiveram gastos com instalação de equipamentos de segurança, e agora vêem seus serviços serem reduzidos, com consequente diminuição na receita.

A audiência pública em Brasília realizada em 3 de julho mostrou que em Pernambuco formaram-se filas para pagamento das contas de energia nas unidades credenciadas, sem nenhum tipo de prioridade de atendimento. Também foram relatados pontos credenciados sem estrutura necessária, que acabaram desistindo de receber as contas de energia. Houve também denúncias de unidades de atendimento que estariam cobrando tarifas extras para recebimento das contas de energia, mostrando a gravidade do problema.

Assim como em outros Estados, em Goiás a Enel anunciou que as agências da Caixa Econômica Federal, correspondentes e casas lotéricas deixarão de receber contas de energia em Goiás a partir do dia 5 de agosto. O motivo da suspensão dos serviços, de acordo com a Enel, é o encerramento do contrato de arrecadação por causa do reajuste de 30% que o banco cobrou para receber as faturas de energia.

Adriano destacou ainda que tem sido divulgado na mídia que as casas lotéricas do País vão passar a cobrar uma tarifa de R$ 2,80 para receber as faturas. Segundo ele, esta notícia não é verdadeira, pois este valor é cobrado pela própria empresa. “O valor repassado por este serviço seria de R$0,73, conforme acordo firmado junto ao Senado Federal, mas também não está sendo creditado, com erros mensais e sem o pagamento do retroativo”, informou.

COMENTÁRIOS
AdSense
rodape primavera